#Saindo de Casa


2010 começará com muitas coisas novas mesmo - com ênfase nessa redundância. A mudança sobre a qual falarei agora é a física, geográfica.

Não, ainda não sairei do convívio familiar e da "pacatez" da Vila Franca do Imperador. Não. Mamãe entrou num programa habitacional através do Sindicato dos Professores que proporcionou a construção da casa própria.
Todo mundo sabe como funcionam estes programas: ou a casa é bem pequena ou o bairro é afastado. Pegamos um pouco de cada.

Dia desses fui orientado no sentido de precisar diminuir minhas coisas, pertences, guardados. Em outras palavras - minha bagucinha, que venho colecionando há anos.

Eu já tinha feito um limpa um tempo depois que mudamos para esta casa. Desfiz-me de apostilas de Matemática, Física, Química com alívio e também um certo pesar - nunca se sabe quando me dará um surto acadêmico e simplesmente terei vontade de estudar aquele tipo de coisa!
Mas não é isso que me preocupa. Eu coleciono recortes de minha história, gosto de deixar meus fatos documentados nem que estejam representados por um ticket de cinema. E há comigo muitas cartas, textos, agendas, cadernos de relato - tudo porque acho que algum dia minha biografia valerá alguma coisa, será lida por mais gente do que apenas meu interlocutor imaginário para quem destino as palavras. Além do que, acho que guardar cartas (me entrego, de amor) conta muito para a história de alguém!

Como elaborar um grau de importância para as lembranças e memórias? Eu sou bipolar e aquariano, é uma tarefa praticamente impossível, masoquista até, arrisco a dizer.
Pode ser que eu faça uma compilação com os melhores momentos - um grande scrapbook (muito melhor que o do Orkut). Com certeza em ordem cronológica. O TOC não me deixaria fazer diferente! Ou então por temas.

*Textos Meus
*Agendas, diários, cadernos de relatos
*Fotos
*Cartas
*Recortes

O fato é que eu não tenho facilidade em deixar algumas coisas para trás e é sobre isso que se trata essa ação.
Desprendimento memorial
, trabalhemos esta arte.

2 Response to #Saindo de Casa

  1. Querido amigo avassalador... Sorte nas novas empreitadas e desafios...
    sorte e sucesso com o blog renovado!

  2. spirra says:

    me habituando a nova cara do bolo. e a nova cara do autor, talvez. tudo novo de novo. que despenquem mudanças sempre. até mais ousadas do que essas. bem mais. pra você não é difícil.